DIA MUNDIAL DO IDOSO

        “O mundo está em constante transformação. Na medida em que novas tecnologias no campo da medicina surgem — em conjunto com a promoção da saúde e a ampliação de seu acesso —, impactos significativos na expectativa de vida da população surgem.

        Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), as projeções para o crescimento da população idosa nos próximos trinta anos será no mínimo duplicar, alcançando, em 2050, o número de 1,5 bilhão de pessoas.

       Em 14 de outubro de 1990, a Assembleia Geral da ONU estabeleceu a data de 1º de outubro como o “Dia Mundial do Idoso”. Anualmente, o organismo internacional das nações lança campanhas para se pensar o bem-estar e qualidade de vida da população idosa, assim como os impactos para a agenda social.

        Em 2022, o tema é a resiliência e as contribuições das mulheres idosas.

        No Brasil, o Estatuto do Idoso de 2003 promoveu uma série de reflexões sociais e de políticas públicas que assegurem a esta parcela da população mais atenção e dignidade.

        Os idosos representam 14,3% da população brasileira, de acordo com o Censo Demográfico de 2010 e devem acompanhar o crescimento mundial.

        Cuidemos hoje daqueles que nos ampararam no passado, com a certeza de que seremos nós em seu lugar no futuro.”

Fonte: @feb_oficial

Conheça a Biblioteca virtual da CME – Clique aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.